'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

26 maio, 2008

Verdade quarta

Denis Olivier
.
.
.
Vontade de mergulhar sem oxigénio no oceano
e entrar no colo das ondas
.
.
.
[Foto: Denis Olivier]

12 comentários:

Canelita disse...

Aiiiiiiiii...que isto anda tão sem cor, tão triste...:(
Um abraço apertadinho!!!

* disse...

como eu entendo bem essa vontade...

Ana disse...

e por lá ficar, longe do ruído da realidade.
na paz do oceano, mergulhar bem fundo... *

[estas tuas verdades são autênticas balas perfurantes]

Queen Frog disse...

doçe salgado regaço.

beijinho menina.

Vertigo disse...

O post abaixo (...)

Estamos quase em Junho,menina :))

Beijo grande

Gaivota disse...

Vontade de morrer sofucada ou vontade da libertação das direcçoes todas que podemos tomar no oceano?

Andreia Ferreira disse...

Gaivota: vontade da paz do oceano :) *

Vertigo: Finalmente. Apetece-me riscar Maio do calendário... Beijinho! :)

Queen Frog: Colo!!! :) Beijinho

ana: sim, paz, é isso mesmo!!! Longe do ruído e da realidade. Era isto que queria dizer :) beijinho

*: resta-nos o consolo de não estarmos sozinhas... Beijo.

Canelita: Vai salvar-nos um chupa chupa seventies ;) Beijinho grande!

nana disse...

vontade eterna



e permanente.





..

Por entre o luar disse...

E no colo das ondes sentir a ternura e o conforto... mas com oxigénio, para depois poder voltar de lá do fundo:)

Beijinho e sorrisO*

verdades_e_poesia disse...

Menina Andreia, sabe tão bem assim navegar no colo das ondas como lhes chamas... Beijinhos

joão marinheiro disse...

Lembro-me de um tempo assim de vertigem azul sempre em direcção ao fundo até ao limite do fôlego.
Velhos tempos...
Abraço daqui com o mar calmo hoje

Anónimo disse...

ondas de vontade de mergulhar no teu colo e de entrar no teu oceano até ficarmos sem oxigénio. beijo.te.

Arquivo do blogue