'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

16 junho, 2008

.
.
querias que o teu corpo fosse apenas o teu corpo.
decides atear-lhe o fogo com lumes passageiros na esperança que o cheiro que ele deixou se apague.
mas esqueces-te que é Dele o odor a carne queimada que agora libertas.
.
.

4 comentários:

Vanessa disse...

(...)

beijinho grande*

Canelita disse...

^o)
o que é isto???:S

mist disse...

Lindo.

Andreia Ferreira disse...

obrigada mist. :) Beijinho!

canelita: just words. take it easy. :) Kisses!!!

vanessa: Bisou!!! :) ***

Arquivo do blogue