'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

14 janeiro, 2009

Quanto mais o amor medra, mais se afoga o desvario*

Berenika
.
.
.
.
sabes que nunca ninguém amou uma mulher triste.
ainda assim, não consegues evitar: sentes-te perdida sempre que acordas, ainda mais quando te deitas. sobrevives com uma imensa vontade de fugir para um país onde não se usem fatos, gravatas nem messengers. choras e suspiras três vezes de cada vez que ouves ele chamar-te 'meu amor'. és como uma mulher a dias a ver o último episódio da novela da tarde, enquanto limpa o pó aos móveis e pensa no jantar da noite.
.
.
.
[*Deolinda]
.
.

13 comentários:

CNS disse...

E mais um suspiro ... :)))

um beijo

Vanessa disse...

outch! este doeu...

*

Canelita disse...

sabes bem a forma como partilho este post ctg!(suspiro)
Beijinhos menina bonita

diana disse...

"sabes que nunca ninguém amou uma mulher triste."... triste facto.

Como alguém disse encima, este doeu, mesmo.

m@tix disse...

ollool
esta sintese despiu o sexo feminino!
Gostei do ponte de vista, bem nunca é tarde para vos entender!ololo

;)

as velas ardem ate ao fim disse...

Espero que gostes:http://www.slideshare.net/georgiastella/amor-mario-quintana?src=embed.

um bjinho

Nina disse...

docemente duro ...

S. disse...

...e nunca li uma banalidade escrita com tamanha poesia...


PS: Este post podia ser uma resposta ao meu de 11.01.2009

Abraço

nana disse...

e sem ninguém para te acordar
do sonho
do que não vem


...


..



bom ano, andreia.

em tanto
de bom
e belo.


@-,-'-

as velas ardem ate ao fim disse...

boa semana.

um bjo

Por entre o luar disse...

palavras para que=)

deixo o sorriso com que saio sempre daqui=)

beijinhOS*

Andreia disse...

por entre o luar, ainda bem :) beijinhos.

as velas ardem até ao fim, para ti também! beijinhos.

nana, para ti também. que sejas feliz :) beijinhos.

s., obrigada. sim, poderia mesmo ser... :) um abraço também para ti.

nina, gosto tanto de contradições... ;) beijo

Andreia disse...

m@tix, não te preocupes porque eu acho que às vezes nem nós nos entendemos... mas ainda bem que ajudei. beijinhos!

diana, se calhar sim, se calhar não. as minhas certezas desvanecem-se muito rapidamente... :) beijinhos

sim, sei, borboleta! um dia ainda havemos de conseguir... :) beijinhos!!!!

vanessa, :) abraço!

cristina, ohhhh :) beijinhos

(as velas ardem até ao fim, obrigada pelo link )

Arquivo do blogue