'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

18 novembro, 2008

Mãos cheias de ti

Takala

.

.

lembro-me que tínhamos fome havia três dias
encostada ao mármore da mesa-de-cabeceira dormia a fotografia
e o maço de português suave filtro
a escuridão não era só exterior
conhecíamo-nos pelo tacto e pelo olfacto
tornámo-nos murmurantes
e tu refulges ainda no escuro dos quartos que conhecemos
cruzámos olhares cúmplices
falámos muito não me recordo de quê
e no calor dos corpos crescia o desejo
caminhámos pela cidade
eu metia as mãos nas algibeiras
onde tacteava tudo o que guardara e possuía
um lenço uma caixa de fósforos um bloco de notas
sentia-me feliz por quase nada possuir
a imagem azulada de tuas mãos flutuava diante de mim
gesticulava para me dizer que estávamos vivos
e apaixonados

.
.
[Al Berto]
[Foto: Takala]

.

Cause you see rain reminds me of you,
And everything has turned to you.
See you in places, I’m following you,
You’ll be upstairs, and I’ll be there too.

.
.

12 comentários:

Vanessa disse...

bang bang!

you shot me down!


eheheh!

(e fotos lindas como aquela dos relógios, também tens? :p)

beijinho*

Eyes wide open disse...

Just perfect... :)


*

Canelita disse...

que foto "amarela" tão linda!...lembras-te dos dias "amarelos"?...este post é assim!:)
Beijinhos

Andreia disse...

canelita, lembro-me, são os dias quentes... :) sim, é! :) Beijinhos.

eyes wide open, :) Beijinho.

vanessa, as I told you, terei quando chegar o dia de um fabuloso jantar de natal... :))) Beijinhos.

S. disse...

Há palavras que vestem as imagens assim, de uma forma tão perfeita que arrepia :)

PS: o JP Simões também havia de gostar que fosses a um concerto dele :)

Andreia disse...

:) acho que eu gostaria muito mais do que ele...

beijinhos!

Happy and Bleeding disse...

:)

Ana disse...

este post é simplesmente perfeito ;)*

as velas ardem ate ao fim disse...

Fartei me de chorar com eset post1

al berto...

um bjo

Andreia disse...

é um texto feliz, não precisas de chorar... :) im abraço.

obrigada, ana. beijinhos.

happy and bleeding, :)) *

Vergilio Torres disse...

Não sei se isto é credível, mas o arrepio senti-o na primeira palavra, lembro-me de Al Berto e... só queria dizer... não sei como dizer. Mas, vou arriscar... linda a escolha da imagem para sublimar o poema e vice-versa.
Há momentos na vida em nos cresce uma pérola no coração, mas não temos ninguém a quem a dar.

Um abraço forte, e uma tarde feliz!

Andreia disse...

vergílio, há sempre alguém a quem dar o coração. às vezes basta olhar para o lado... e sim, o al berto é especial. :) beijinho e boa semana.

Arquivo do blogue