'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

21 outubro, 2008

A manhã verdadeira

Tina Baker_flowers

.

.

.

Aquele dia amanheceu como outros tantos...
Era um dia puro, luminoso, chamando à vida.
Mas tinha havido tantas manhãs assim
e o presságio da Natureza em festa tantas vezes tinha mentido!...
E contudo, aquela manhã foi a manhã verdadeira,
e o Sol não brilhou em vão, o mar não foi inutilmente belo,
porque foi, amor, a manhã em que nascemos um para o outro!
.

.


[Adolfo Casais Monteiro]
[Foto: Tina Baker]

.

.

2 comentários:

Carla disse...

..manhãs assim merecem ver a luz do dia
beijos

Andreia Ferreira disse...

vêem... :) beijinho.

Arquivo do blogue