'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

01 abril, 2008

Morada de silêncio

Photobucket
as certezas trazem-me pendurada no fio das realidades quotidianas. caminho pelos dias como quem nada espera. sentada nesta mesa pintei um mundo que fica para lá do horizonte. mas a noite devolve-me a monotonia, os medos e uma casa que guarda demasiados rancores. fujo. conheço as palavras que fazem uma existência feliz. escrevo-as. penso como gostaria de dizê-las. mas é no silêncio que moro. é para lá que volto sempre.
[Foto: Robert Gojevic]

16 comentários:

Canelita disse...

wow! este post tocou-me mesmo! Gosto...
queria tanto comentar algo de jeito, mas sinceramente fiquei sem palavras...fiquei a morar no silêncio!;)
Beijinhos menina dos risos

Vanessa disse...

e um raio de sol que ilumine essa [ nova ] morada. porque o silêncio também pode ser bom. um dia. eu sei que sim. porque moro nele também.

deixas que te leve um raio de sol, hoje? :)

*

CNS disse...

O porto de abrigo do silêncio é por vezes a unica certeza do nosso quotidiano...

beijo

Por entre o luar disse...

Gostei de tudo.. mas especialmente desta parte... "No silêncio que moro.é para lá que volto sempre."

Beijinhos grandes:) e sorrisinho*

Andreia Ferreira disse...

Por entre o luar: :) Beijinho!

cns: é verdade... Bj *

Vanessa: Hoje e amanhã e depois de amanhã. Os raios de sol são sempre sempre bem vindos :) No Mercado Negro então ;) *

Canelita: Eu a pensar que vinhas ter comigo toda preocupada pela soturnidade... afinal não :) Dizer que toquei alguém é das melhores coisas que me podem dizer... ;) Beijinho borboleta! :) *

Flávia Vida disse...

"Há silêncios que valem por mil palavras", já dizia Lobo Antunes.

beijos menininha
:*)

Sombr|A|rredia disse...

" Ninguèm sabe de onde vem a noite: dizem que nasce das raízes dos olhos dos pássaros"

Mário Cláudio

m@tix disse...

A tua banda sonora, de hoje foi muito bem escolhida, não conhecia, mas vou conhecer,loloo....

;)

Rui disse...

Porque no silêncio apenas habita o eco do que calamos, há que... há que... talvez gritar bem alto. Nem que seja para dentro.

Queen Frog disse...

menina,

é q Mazzy Star!!!

e o silêncio é por vezes um vício, pq nos fala qd mais nguém nos diz.qd de nós nos cansámos tb de dizer.
mas do pp silêncio surge por vezes a urgência de o gritar...

Beijinhos e Mazzy Star aqui tb ;)

un dress disse...

bela

silenciosa morada...






beijO

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Abssinto disse...

Uma morada de silêncio. Eu também tive de encontrar outros portos de refúgio.

Andreia Ferreira disse...

Abssinto: E quais foram eles?

Un Dress: :) Beijo

Queen Frog: é, às vezes tenho a certeza que a vida é a porcaria de um ciclo e que por isso não vale a pena chaterarmo-nos muito quando ele não é muito favorável. Mas depois há os dias de sol. Estes dias... ;) *

Rui: gritei-o. ou melhor, gritaram-no por mim :)

m@tix: Não conhecias? Bem, já ganhei o di ;) eheheheh *

Sombr|A|rredia: Que bonito :) *

Flávia: Os meus não valem assim grande coisa, mas pronto... :) Beijinho.

Vertigo disse...

Somos vizinhas ;)

beijooo***

Andreia Ferreira disse...

Vertigo: Eu sabia que esta era uma boa morada ;)
Beijinhoooo

Arquivo do blogue