'Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! E eu acreditava. Acreditava porque ao teu lado todas as coisas eram possíveis'

26 março, 2008

Resquícios pascais

pietras



as noites bem dormidas denunciam o habituamento à solidão de um corpo isolado. toco as minhas mãos e sinto-as geladas. não sei quando deixei arrefecer o meu coração, nem quando deixei de sentir a tua falta. queria acordar amor. mas não acredito na ressurreição dos mortos.

[Foto: alicja pietras]

20 comentários:

Por entre o luar disse...

Pois eu acredito:) e sei que todos ainda temos muito que viver no lado de lá..:)

Não estejas assim gélida:) dá um sorriso e sente o calor que isso te faz:)

beijinho e sorrisinho=P

Queen Frog disse...

outch, q isto doeu.

em vida, renascer.

Vanessa disse...

juro que gostava de ter sido eu a escrever isto! (eu tenho sempre as mãos geladas. verdade verdadeira.)

*

Andreia Ferreira disse...

Vanessa: também eu. às vezes até evito aqueles cumprimentos formais de apertos de mão por vergonha... *

Queen Frog: em vida se calhar é possível :) *

Por entre o luar: Eu gostava de acreditar. Acho que a vida se tornaria mais leve, não sei...
(Nota: Nem tudo o que ponho aqui corresponde ao meu verdadeiro estado de espírito. Ou melhor, corresponde naquele momento preciso, mas no geral até ando bem disposta ultimamente... Mas obrigada pelo sorriso. Fica para ti outro: :) ) **

Flávia Vida disse...

assim faz-se melhor .
a vida continua .
e novos outros amores hão de vir.

beijinhos
:*)

Tinta no Bolso disse...

mais difícil e necessária é a ressurreição dos vivos.


os teus posts despertam-me.

Dream Alive disse...

A morte nao cre na ressureicao, assim como a profunda tristeza nao cre na futura Felicidade! Faltam poucos dias para regressares à Vida! Este sono é o teu descanso.

Beijos!

Mateso disse...

O coração não arrefece só adormece...
beijo

Canelita disse...

Bem...
este post...deixou-me triste, provocou-me um aperto no peito!
Ainda bem que te vejo todos os dias e sei como estas, se não ficava muito preocupada!:)
Beijinhos cheios de risos

Andreia Ferreira disse...

Canelita: Não queria nada deixar-te triste menina! E não há razões para preocupações :) Beijinho!

Mateso: Não é quase a mesma coisa? O corpo não arrefece quando adormece? Beijinho!

Dream alive: :) Que seja! *

Tinta no Bolso: Tão verdade. Que bom. Têm alguma utilidade, ao menos... **

Flávia: Espero que sim querida! Beijinho!

aida monteiro disse...

vim aqui procurar a menina dos olhos de água e foi muito bom tê-la encontrado.e que bem que sabe uma mantinha de lã quentinha, hem? o coração e tudo-tudo a ficar quentinho outra vez:)

um abraço grande, andreia.

m@tix disse...

Exelente descoberta!
Esta faixa de Cat Power é das minhas preferidas.
Já estás nas minhas preferencias na Blogosfera

;)

Andreia Ferreira disse...

m@tix: É recíproco ;) *

Aida: Sim, sabe mesmo bem, especialmente nesta Primavera invernosa... :) Outro abraço para ti. Grande! *

un dress disse...

sei lá se de súbito

se

fulgurar [...

José Alexandre Ramos disse...

Mas o ditado diz "mãos frias coração quente". Não se aplica? Não, aos mortos não.

vertigo disse...

Pois acredita,menina! morrermos várias vezes,para renascermos outras tantas :)

kiss

~pi disse...

eu creio. creio mesmo...

rosasiventos disse...

porque alimentamos a vozes que nos chamam?
porque nos lançamos no fogo errado?
porque assobiamos músicas impossíveis?

Vanessa disse...

[ Quero fazer de mim um lugar de coisas bonitas. Uma frase destas só podia ter vindo de ti! :) E eu também quero, mesmo. Obrigada! * ]

Andreia Ferreira disse...

Vanessa: :) Fazemos as duas, pronto!!!! Obrigada porquê?... Braga, em cima, tem um link para ti ;) You know what that means, don't you? ***

RosaiVentos: Porque somos complicados.

~PJ: :) Tens tanta sorte... *

Vertigo: Lá isso é verdade... E nessas ressurreições se calhar até acredito... :) Beijinho!

José Alexandre Ramos: Não, definitivamente, não! Não dessa forma... *

Un dress: Gosto das coisas especialmente quando elas acontecem de súbito... ;)

Arquivo do blogue